Autenticação Celular

Importância da Autenticação Celular

.

A caracterização de uma linhagem celular é vital não só para determinar a sua funcionalidade, mas também a sua autenticidade. Deve ser dada especial atenção à possibilidade de a cultura de células ter sofrido contaminação cruzada ocasionada por um erro de manipulação do operador ou ainda contar com alguma alteração genética ou fenotípica da célula após longo período em cultura.

.

A confiabilidade de um experimento envolvendo células em cultura está diretamente ligada à qualidade e condições das culturas celulares utilizadas. Devido à instabilidade genotípica e fenotípica, as linhagens que são mantidas por muito tempo em cultura devem ser analisadas periodicamente, a fim de manter a confiabilidade e reprodutibilidade dos ensaios realizados.

.

.

Metodologia utilizada no BCRJ

.

A metodologia STR (Short Tandem Repeat) é uma técnica de biologia molecular que se baseia na identificação de regiões polimórficas presentes no genoma da amostra.

.

O método STR foi desenvolvido para aplicações forenses e vem sendo utilizado por coleções internacionais como a “American Type Culture Collection” (ATCC), “Deutsche Sammlungvon Mikroorganismen und Zellkulturen” (DSMZ), “European Collection of Cell Cultures” (ECACC), “Japanese Collection of Research Bioresources” (JCRB) e o CellLine Service (CLS). Estas instituições de referência estão desenvolvendo individualmente bancos de dados disponibilizados online. Os laboratórios usuários de cultura de células podem fazer as análises do seu acervo e comparar os resultados com aqueles obtidos por estas coleções e, desta forma, confirmar a autenticidade da linhagem.

.

.